O SACERDÓCIO UNIVERSAL DO CRISTÃO

Igreja,  temos um grande privilégio e que muitos ainda desconhecem, e por isso não exercitam em sua caminhada cristã; é o serviço sacerdotal.

No AT o serviço sacerdotal consistia na administração dos rituais de sacrifícios, necessários para a expiação do pecado do povo. O sacerdote era escolhido a partir da descendência de Arão, para ser o mediador entre Deus e o povo de Israel. Tinha autoridade para entrar no templo do Senhor, no local chamado Santo dos Santos e apresentar anualmente os sacrifícios do povo, sendo também responsável em repassar ao povo todas as instruções para que obedeçam a sua voz e que vivam em santidade.

1)Jesus é o sumo sacerdote

Mas, no livro de Isaias 61.6, ( considerado o livro profético da nova aliança) declara: “ Mas vocês serão chamados sacerdotes do Senhor, ministros do nosso Deus”. Revelando a nova condição que após Jesus Cristo, que é considerado o grande sumo sacerdote, onde todas as funções da antiga aliança estão transformadas, sendo o único mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2.5). Ele é o representante de Deus junto aos os homens e o único representante dos homens diante de Deus. Ele é ao mesmo tempo sacerdote e o sacrifício.

2)Todos os crentes são chamados a exercerem o sacerdócio.

1 Pedro 2.5” Vocês também estão sendo utilizados como pedras vivas na edificação de uma casa espiritual para serem sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais aceitáveis a Deus, por meio de Jesus Cristo”.

1 Pedro 2.9: “ Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes voes nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam.”

Assim,

a)      Cada cristão é um sacerdote, tem liberdade e livre acesso à presença de Deus, tendo Jesus Cristo como nosso único mediador. Não precisamos pagar nada para alguém nos representar diante de Deus. Cuidado com os lobos travestidos de pastor, bispos ou apóstolos,  que estão realizando rituais do Antigo Testamento, e mantendo cativos pessoas, fingindo intermediação com Deus. Alegam que se sacrificam, sobem em montes levando pedidos como se fossem intermediários de Deus. Não aceite isto. Jesus é o nosso único sacerdote. Somos livres no acesso ao Pai, Jesus Cristo possibilitou isto.

 

b)      O sentido no NT é que o exercício sacerdotal do crente é exercido no sentido comunitário. Um ministra ao outro, um intercede pelo outro, exercitando os dons para a edificação do corpo de Cristo, servindo com solidariedade.

Alguns são chamados para  o Ministério da palavra recebendo ensinamentos e comissionados para a função pastoral, porém , está cumprindo o propósito de Deus para a edificação da igreja, assim, como os que intercedem, os que ensinam , os que socorrem,os que contribuem com liberalidade. Todos são sacerdotes; todos ministram; todos adoram, todos servem uns aos outros.

 

c)       Somos sacerdotes em nossos lares.

A santidade que é uma das características do serviço sacerdotal, devendo ser praticada dentro de seus lares. Os pais devem trabalhar para que sua casa seja envolvida pelo ambiente de santidade, educando seus filhos com os valores do reino de Deus, transferindo para seus filhos suas experiências com seu Deus, e praticando o perdão e trabalhando para a santidade de toda família.

 

Apocalipse 5.9-10: ” Tu és digno de receber o livro e de abrir os seus selos, pois foste morto, e com teu sangue compraste para Deus gente de toda tribo, língua, povo e nação. Tu os constituíste Reino e sacerdotes para o nosso Deus, e eles reinarão sobre a terra.”

Todos somos chamados para proclamar o evangelho. É uma idéia errônea alegar que não tem dom para evangelizar. Quanto tempo perdido, quantas almas não foram alcançadas com este errado pensamento?. Todos, que foram um dia transformados por Cristo, tem seu testemunho pessoal para compartilhar com outras pessoas, que precisam ouvir de você, com seu jeito e personalidade.

Irmão, desperte , se alegre pela liberdade de se relacionar com Deus, pois você é um sacerdote; adore, proclame, sirva, se santifique. Que o Senhor nos desperte, neste tempo, para cumprirmos o propósito de Deus como seus sacerdotes.

Pr. Luiz Claudio. Ibjm 10.06.12

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>